Ministério analisa mais de 2 mil pedidos de regularização de haitianos

O Ministério da Justiça analisa mais de 2 mil pedidos de regularização feitos por haitianos que pretendem ficar no Brasil. Segundo o órgão, 1,6 mil haitianos tiveram a situação regularizada, em 2011, por meio de residência humanitária concedida pelo Ministério do Trabalho.

Desde 2010, quando um forte terremoto devastou o país caribenho, milhares de haitianos têm imigrado para o Brasil em busca de trabalho e melhores condições de vida. O Ministério da Justiça estima que aproximadamente 4 mil haitianos tenham ingressado no país desde então.

Apesar de não serem considerados refugiados, o governo brasileiro decidiu tratá-los como imigrantes sob caráter humanitário. Desde o início do mês, aumentou a entrada de haitianos no país, especialmente pela fronteira do município acriano de Brasileia com o Peru. A cidade tem hoje mais de 1,2 mil haitianos à espera de regularização de documentos para que possam seguir viagem a outros estados. Várias empresas já manifestaram interesse em contratar a mão de obra dessas pessoas.

Por meio de nota, o Ministério da Justiça informou que prestará auxílio aos estados do Acre e do Amazonas quanto à segurança pública após análise das necessidades que está sendo feita pela Polícia Federal.

* Colaborou Marcos Chagas.

Autor: Ivan Richard*
Fonte: Agência Brasil
Edição: Talita Cavalcante

Deixe um comentário