Famílias vão permanecer nos abrigos da prefeitura até o rio baixar

Mais de cem pessoas recebem atendimento diário da Defesa Civil e Secretaria de Ação Social

Grupos de profissionais da Defesa Civil, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Cidadania e Ação Social (Semcas) se mobilizam no atendimento diário às 34 famílias que estão alojadas no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, no Segundo Distrito. Por questão de segurança, a prefeitura as manterá no local até o nível do rio Acre baixar.

A informação é dada pelo coordenador do Abrigo Temporário do Parque, Fábio Fabrício Pereira da Silva. “A orientação é que nós ofereçamos o atendimento necessários à essas pessoas até que o rio ofereça condições de elas voltarem para suas casas”, frisa. A secretaria, segundo ele, realiza o acompanhamento social e oferece as ações básicas de saúde e alimentação.

Enquanto a Polícia Militar garante a segurança dos bens e móveis levados pelas famílias para o local, as equipes da Fundação Garibaldi Brasil oferecem atividades nas áreas da cultura e do desporto, especialmente a recreação das crianças. “Nossa intenção é fazer com que a estadia dessas pessoas no Parque seja a mais tranquila possível, até porque já sofrem muito por ter tido suas casas invadidas pelas águas”, acentuou Fábio Frederico.

Apesar de manter sinal de vazante, ontem o rio Acre ainda media 13, 76 metros, permanecendo cima da cota de alerta de alagamento. A expectativa dos grupos de atendimento às famílias e de monitoramento dos mananciais é que a água continue baixando. Já os meteorologistas prevêem a ocorrência de mais chuvas para o fim de semana na região de Rio Branco e municípios adjacentes.

Deixe um comentário