Parauapebas no topo da lista da dengue

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou ontem o quinto Informe Epidemiológico deste ano com a situação da dengue no Estado. Até agora, foram notificados 3.260 casos suspeitos da doença, dos quais 836 casos confirmados, sendo 829 casos de dengue clássica, quatro de dengue com complicação, dois de febre hemorrágica da dengue e um caso de síndrome do choque da dengue.

Os municípios com maior número de casos notificados são Parauapebas (971), Belém (455), Ananindeua (279), Marabá (268) e Marituba (146). Em relação aos casos confirmados, os municípios com maiores registros são Parauapebas (303) e Belém (167). Existe apenas um caso confirmado de morte causada por dengue em Parauapebas, porém cinco ainda estão em investigação no Estado.

Para reduzir os riscos de infecção e manter a dengue sob controle, equipes da Sespa vêm trabalhando em conjunto com as secretarias municipais de Saúde. As principais ações são bloqueio imediato da transmissão nas localidades ou bairros que notificam casos, atividades de educação e comunicação, com sensibilização da população, órgãos governamentais e não governamentais para o problema; articulação com órgãos municipais de saneamento e limpeza urbana para melhoria da coleta e destinação adequada do lixo; e manutenção das atividades de rotina no combate ao vetor.

A coordenadora estadual de Controle da Dengue, Aline Carneiro, destacou as atividades de controle da doença nos municípios de Marabá, Parauapebas, Salinópolis, e Santa Luzia do Pará. “Também serão realizadas atividades de mobilização e avaliação do Plano de Contingência em 56 municípios do Estado no período de 14 de fevereiro a 4 de abril e realização de campanhas preventivas nos municípios de Vigia, Salinópolis, Bragança, Abaetetuba, Cametá e Belém (Mosqueiro) durante o Carnaval, precisamente a partir do dia 18”, acrescentou a coordenadora. O DIÁRIO tentou falar com alguns dos secretários de saúde dos municípios onde há risco de surto de dengue (Altamira, Igarapé-Miri, Itaituba, Tucuruí e Parauapebas), mas não obteve sucesso.(Diário do Pará)

DENGUE EM NÚMEROS

  • 3. 260 casos notificados com suspeita da doença.
  • 836 casos confirmados.
  • 971 casos foram notificados somente em Parauapebas, primeiro da lista em número de registros também de casos confirmados, com 303 registros.
  • 455 casos foram notificados em Belém.
  • Cinco mortes estão sendo investigadas tendo a dengue como possível causa. Uma morte foi confirmada.

Fonte: Diário do Pará

Deixe um comentário