Aneel prepara para meio do ano leilão de linhas pré-Belo Monte

Conjunto de ampliação de linhas permitirá escoamento de parte da energia gerada pela usina

Um conjunto de ampliação de linhas do sistema de interligação do Norte e do Nordeste com o Sul e Sudeste, que representam um total de 1.800 quilômetros, deve ser licitado entre julho e agosto deste ano. Esse conjunto é chamado de “pré-Belo Monte”, por justamente preparar o sistema a fim de receber a LT propriamente dita da usina e permite começar a escoar a energia gerada pela hidrelétrica antes da conexão direta dela com o Sul e Sudeste já no próximo ano.

Segundo o diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, Nelson Hubner, para este ano há uma previsão de um grande volume de empreendimentos de transmissão que devem ser licitados, atingindo a R$ 6 bilhões em investimentos, já incluídos os R$ 2,9 bilhões do leilão realizado nesta sexta-feira, 9 de março, na Bolsa de Valores de São Paulo. Mas a linha própria da usina deve ficar para o ano que vem. Hubner disse que Belo Monte precisa de “pouca coisa” para se conectar ao SIN por já existir um sistema que liga Turucuí ao Nordeste e Sul do Brasil. “Vai precisar de uma parte mais dedicada, mas se quiser ligar Belo Monte no ano que vem tem condição de escoar parte da energia”, comentou.

Os estudos da linha de Belo Monte devem ser entregues pela Empresa de Pesquisa Energética até o fim deste mês. De acordo com as estimativas da EPE, o sistema de transmissão deve ser composto de duas linhas, uma em corrente contínua em direção ao Sudeste e outra em corrente alternada, em direção do Nordeste do país. Para abril, está previsto o leilão de transmissão 03/2012, que deve acontecer em 20 de abril e irá compreender instalações compartilhadas de geração, nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Minas Gerais, divididos em quatro lotes.

Por: Matheus Gagliano
Fonte: Agência CanalEnergia 

Deixe um comentário