Comunidades ribeirinhas avaliam atendimento do SUS na Amazônia

Até o próximo dia 20, representantes do Ministério da Saúde vão percorrer municípios e comunidades do estado de Rondônia, na Amazônia, para coletar informações em populações ribeirinhas sobre o acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) e a qualidade dos serviços.

De acordo com a pasta, as informações recolhidas pela Ouvidoria Itinerante Fluvial vão subsidiar políticas de melhoria na rede pública de saúde da região. Comunidades localizadas às margens do Rio Madeira, afluente do Rio Amazonas, integram a lista de pessoas a serem ouvidas.

O projeto foi estruturado em três eixos – a escuta clássica, quando o ouvidor colhe sugestões, reclamações e denúncias de usuários; a pesquisa de satisfação específica sobre as impressões do usuário; e a rodada de conversa, quando os moradores apresentam um diagnóstico sobre os desafios mais comuns da saúde pública local.

O barco hospital que leva a equipe da ouvidoria do ministério oferece ainda atendimentos médicos, odontológicos e laboratoriais e serviços de emissão de documentos como RG, CPF, certidão de nascimento e Carteira de Trabalho.

Edição: Juliana Andrade

Deixe um comentário