Mato Grosso tem quatro municípios na lista de ações prioritárias para o controle do desmatamento no Cerrado

Critérios levam em consideração os dados de monitoramento do IBAMA e serão revistos periodicamente

Foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (26), uma portaria do Ministério do Meio Ambiente (MMA) com a relação dos 53 municípios prioritários para o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas do Bioma Cerrado – o PPCerrado. Entre eles, quatro são de Mato Grosso: Água Boa, Cocalinho, Paranatinga e Rosário Oeste.

Entraram na lista os municípios que desmataram área superior a 25 quilômetros quadrados entre 2009 e 2010 e possuam, em seu território, cobertura vegetal remanescente superior a 20% ou presença de áreas protegidas (Terras Indígenas, Territórios Quilombolas e Unidades de Conservação). Os critérios levam em consideração os dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

De acordo com a portaria, os municípios que compõem a lista são considerados prioritários para receberem medidas destinadas à integração e aperfeiçoamento das ações de monitoramento e controle do desmatamento e queimadas, ordenamento territorial, incentivo a atividades econômicas ambientalmente sustentáveis, manutenção de áreas nativas e recuperação de áreas degradadas.

Segundo o MMA, levantamentos feitos com base em imagens de satélite apontam que os 53 municípios representam apenas 4% do total de municípios do bioma, mas são responsáveis por 44,7% de toda a área desmatada no período que totalizou 6.469 quilômetros quadrados.

Entre os estados, o Maranhão e Piauí lideraram o desmatamento registrado no Cerrado, no período de 2009/2010, conforme tabela abaixo.

Estado Desmatamento 2009/2010 (Km²)
Maranhão 1.587
Piauí 979
Tocantins 970
Mato Grosso 770
Bahia 726

Entre os municípios da lista, a participação mato-grossense no ranking nacional é a seguinte: Paranatinga em 12º lugar (66,94 km²), Rosário Oeste 15º (52,15 km²), Cocalinho 17º (50,95 km²) e Água Boa em 33º lugar (31,66 km²).

Os dados do Programa de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite do IBAMA revelam que Mato Grosso foi o estado líder em desmatamento do Cerrado durante o período de 2002 a 2008, seguido por Maranhão e Tocantins.

Estado Desmatamento 2002/2008 (Km²)
Mato Grosso 17.598
Maranhão 14.825
Tocantins 12.198
Goiás 9.898

Entre os municípios da lista, a participação mato-grossense no ranking nacional é a seguinte: Paranatinga em 12º lugar (66,94 km²), Rosário Oeste 15º (52,15 km²), Cocalinho 17º (50,95 km²) e Água Boa em 33º lugar (31,66 km²).

Os dados do Programa de Monitoramento do Desmatamento nos Biomas Brasileiros por Satélite do IBAMA revelam que Mato Grosso foi o estado líder em desmatamento do Cerrado durante o período de 2002 a 2008, seguido por Maranhão e Tocantins.

Deixe um comentário