Belo Monte investe em campanhas de prevenção da dengue na região de Altamira

Empresa responsável pela construção e operação da Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, a Norte Energia está investindo em ações de prevenção da dengue nos municípios da área de influência da usina. Com material impresso e audiovisual, o objetivo é esclarecer a população dos municípios de Altamira, Vitória do Xingu, Anapu, Senador José Porfírio, Brasil Novo e Pacajá sobre medidas de prevenção, de controle de focos do mosquito transmissor e de combate à doença, além de prestar informações sobre sintomas e tratamento da doença.

A empresa também doou insumos de laboratório para diagnóstico da doença aos hospitais públicos da região. De acordo com a Norte Energia, “os resultados da iniciativa já podem ser percebidos”. De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Pará sobre a situação da dengue nos seis municípios, os índices de incidência caíram nos primeiros três meses deste ano. De janeiro a março foram notificados 394 casos, contra 1.047 no mesmo período de 2011, uma queda de 62%.

Em Altamira, foram 351 notificações, índice 60% menor que as 880 notificações registradas em 2011. Em Pacajá, que está na área de influência indireta da usina, foram notificados 97 casos no período, contra 41 em 2012 (queda de 57%).

Apesar da redução dos números de casos de dengue, muitos trabalhadores da Usina Hidrelétrica de Belo Monte têm sido diagnosticados com a doença em hospitais de Altamira, conforme apurou a Agência Brasil. Dos cerca de 30 casos suspeitos que chegam por dia ao Hospital Santo Agostinho, em cinco a doença é confirmada. No Hospital Municipal São Rafael, já foram registrados 50 casos nos últimos dias.

Por: Pedro Peduzzi
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Vinicius Doria

Deixe um comentário