Consórcio deve entrar ainda hoje com ação na Justiça contra grevistas de Belo Monte

O Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) deverá entrar ainda hoje (24) com uma ação na Justiça, na tentativa de declarar ilegal a greve iniciada ontem pelos trabalhadores da usina hidrelétrica. De acordo com o consórcio, que é responsável pela obra, o caso foi enviado ontem ao Departamento Jurídico da empresa, e a expectativa é que ainda hoje a questão seja encaminhada, provavelmente no período da tarde.

A estratégia de entrar na Justiça foi anunciada ontem em nota divulgada pelo CCBM. Nela, o consórcio disse que as reivindicações dos trabalhadores estão sendo feitas fora da data-base, que é outubro, e que “está tomando todas as medidas judiciais visando ao encerramento do movimento e ao retorno dos funcionários ao trabalho”.

Entre as reivindicações dos trabalhadores, duas ainda não foram atendidas: a redução do período de baixada [quando eles recebem uma folga de nove dias para visitar as famílias, com passagens pagas pelo CCBM] e o aumento do vale-alimentação dos atuais R$ 95 para R$300. O consórcio só acenou com um aumento de R$ 15.

Por: Pedro Peduzzi
Fonte: Agência Brasil – EBc
Edição: Graça Adjuto

Deixe um comentário