Parintins (AM) começa a registrar vazante do rio Amazonas

As bacias do Purus e Javari também mantinham os níveis d‘água normais para o período de cheia.  Apenas os dados das bacias do Japurá e Juruá não estavam disponíveis

No último monitoramento do CPRM, o nível do rio Amazonas, no Município de Parintins, já estava 14 centímetros abaixo da cheia histórica, registrada em 2009, que foi de 9,38 metros. Mas, havia baixado apenas 3 centímetros em relação ao nível máximo registrado este ano, que foi de 9,24 metros.

As bacias do Purus e Javari também mantinham os níveis d‘água normais para o período de cheia. Apenas os dados das bacias do Japurá e Juruá não estavam disponíveis.

Na estação de monitoramento do rio Javari – Palmeiras do Javari – o nível estava 4,84 metros abaixo do pico registrado em 1993, de 16,92 metros. Em 23 de maio, o nível atingiu a marca de 12,08 metros.

Em de Boca do Acre (a 1.028 quilômetros de Manaus), a estação que monitora o rio Purus constatou nível 12 metros abaixo da cheia recorde de 1971, de 21,83 metros. No dia 23 de maio, a cota estava em 9,83 metros.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*