Disputa com DNPM entra na reta final

Murilo Ferreira, presidente da Vale, ressaltou ontem, em teleconferência com analistas, que a questão envolvendo a mineradora e o Departamento Nacional de Recursos Minerais (DNPM) sera encaminhado ao conselho de administração da companhia. Caberá ao conselho se pronunciar sobre o valor que a empresa estaria disposta a pagar com base no que considera que deve ser pago. Após esta definição as partes devem se reunir para um acordo final, aguardado pelo mercado.

A Vale já provisionou R$ 300 milhões em seu balanço para saldar eventuais débitos com DNPM por atrasos no pagamento da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) entre 1991 e 2007.

A Vale e a autarquia estão em fase final de discussão sobre o valor. A dívida é estimada pelo DNPM em R$ 5,6 bilhões. O grupo de trabalho criado por representantes da mineradora e da autarquia federal, no ano passado, já terminou a tarefa de conferir todas as faturas referentes a produção mineral do período.

Fonte: Valor Econômico

Deixe um comentário