Jornal da Cultura exibe série de reportagens sobre a construção da usina de Belo Monte

A série de reportagens “Belo Monte, uma usina polêmica” vai abordar as conseqüências da construção da terceira maior hidrelétrica do país, símbolo da mais controversa questão ambiental da atualidade.

A equipe de reportagem da TV Cultura passou seis dias em Altamira, Pará, entrevistando índios, ambientalistas, promotores públicos, sindicalistas, moradores, ribeirinhos, líderes de movimentos sociais, representantes do governo e das empresas envolvidas na obra para traçar um perfil das mudanças pelas quais a região está passando.

A série vai mostrar a realidade de lugares ignorados pela grande imprensa, como as aldeias dos índios Xikrin, Juruna e Arara, o hospital municipal de Altamira, as escolas da cidade, as comunidades ribeirinhas do rio Xingu, a palafitas da região, além de revelar os bastidores do canteiro da principal obra do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC.

“Belo Monte, uma usina polêmica” pretende jogar luz sobre a necessidade da construção dessa hidrelétrica, que vai consumir cerca de R$ 30 bilhões além de lançar discussões sobre o modelo de desenvolvimento promovido pelo governo brasileiro. O jornalista Ricardo Ferraz viajou na companhia do cientista social Carlos Novaes, que realizou análises “in loco” sobre a realidade do país, a partir da usina.

Fonte: TV Cultura

Deixe um comentário