Ex-prefeito de Cametá (PA) tem direitos políticos suspensos

José Rodrigues Quaresma não prestou contas de recursos repassados para construção de complexo comercial

O ex-prefeito de Cametá (PA) José Rodrigues Quaresma teve seus direitos políticos suspensos por três anos, período em que também ficará impedido de fazer contratações com o poder público.

Na gestão 2001-2004, Quaresma não prestou contas de R$ 1 milhão destinados à construção de um complexo comercial no município, recursos repassados a Cametá pelo Ministério da Integração Nacional.

A decisão, da juíza federal Hind Ghassan Kayath, foi publicada em processo ajuizado pelo Ministério Público Federal que contou com a atuação dos procuradores da República José Augusto Torres Potiguar e Alan Rogério Mansur Silva.

Fonte: MPF – Ministério Público Federal

Deixe um comentário