MPF/PA: ex-prefeitos de Pacajá e Conceição do Araguaia são condenados

A partir de ações do MPF/PA, a Justiça Federal considerou-os culpados por irregularidades com recursos destinados à educação

Na primeira semana de setembro, a Justiça Federal publicou sentenças em que condena ex-prefeitos dos municípios de Pacajá e de Conceição do Araguaia, no Pará, por irregularidades com recursos destinados à educação.

Pela má aplicação de verbas e pelo descumprimento da garantia de transporte escolar aos alunos de ensino fundamental, o ex-prefeito de Conceição do Araguaia Josenvalto Reis de Sousa teve seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos.

Sousa também foi multado em valor correspondente a 30 vezes o valor da última remuneração como prefeito e foi proibido de contratar com o poder público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

A decisão é do juiz federal João César Otoni de Matos e a ação que deu início ao processo foi ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) em Marabá.

E a ex-prefeita de Pacajá Maria Zuleide Martins dos Santos foi condenada a pagamento de multa e teve seus direitos políticos suspensos por cinco anos por não ter prestado contas de R$ 147 mil em recursos federais destinados à manutenção de escolas públicas de ensino fundamental.

O processo, iniciado a partir de ação do MPF em Altamira, foi sentenciado pelo juiz federal Pablo Zuniga Dourado.

Fonte: MPF – Ministério Público Federal

Deixe um comentário

Um comentário em “MPF/PA: ex-prefeitos de Pacajá e Conceição do Araguaia são condenados

  • 21 de novembro de 2012 em 9:15
    Permalink

    EU NAO COMPREENDO E Q ESSES PREFEITO SAO CONDENADOS E AINDA FICAM MANDANDO NA PREFEITURA E O CASO DE VALMIRA ALVES EM NOVO REPARTIMENTO PARÁ ELA FOI CONDENADA PELO O CASO SAIGUISUGAS MAS ELA GANHOU AS ELEIÇÕES COMPROU VOTOS AMEAÇOU PESSOS E NADA ACONTECEU ME ESPLIQUE POR FAVOR

Fechado para comentários.