Três bairros de Manaus recebem água gratuita durante período eleitoral

A ação segue a determinação do governador do Amazonas, Omar Aziz, de liberar o fornecimento de água para os moradores das zonas norte e leste, enquanto perdurar o impasse entre a Prefeitura Municipal de Manaus e a empresa Manaus Ambiental quanto à distribuição da água produzida pelo Proama.  A medida está sendo feita a um mês das eleições municipais

Após brincadeira na rua, crianças se refrescam com a água 'liberada' (Márcio Silva)

Após iniciar a distribuição gratuita de água no reservatório do Programa Água para Manaus (Proama) localizado no bairro Nova Floresta, zona leste de Manaus, o Governo do Amazonas liberou nesta segunda-feira, dia 10 de setembro, o fornecimento de água para os moradores dos bairros Jorge Teixeira e Tancredo Neves, também na zona leste, e Mutirão, na zona norte da capital amazonense.  O serviço entrou em funcionamento a partir da colocação de 20 torneiras em cada um dos reservatórios nestas comunidades.

Todos os reservatórios têm capacidade para 5 milhões de litros d´água.  “É um contrassenso termos 5 milhões de litros de água tratada enquanto famílias ficam sem o serviço de abastecimento.  Agora, a água está disponível de 6h da manhã às 20h, diariamente.  Portanto, quem precisa do produto está sendo atendido”, explicou o presidente da Cosama, Heraldo Câmara, que coordenou o trabalho de implantação do pontos de distribuição.

A ação segue a determinação do governador do Amazonas, Omar Aziz, de liberar o fornecimento de água para os moradores das zonas norte e leste, enquanto perdurar o impasse entre a Prefeitura Municipal de Manaus e a empresa Manaus Ambiental quanto à distribuição da água produzida pelo Proama.

O reservatório do bairro Nova Floresta, situado na rua Topázio, foi o primeiro a entrar em operação – com 16 torneiras.  Em seguida, os reservatórios do Jorge Teixeira, na rua 5; Tancredo Neves, na rua 3 e o do Mutirão, na rua 87.

De acordo com a Companhia de Saneamento do Estado do Amazonas, não há previsão para que o quinto reservatório do Proama, no núcleo 23 do bairro Cidade Nova, receba as torneiras públicas.  Segundo Heraldo Câmara, o fornecimento de água na localidade já está sendo feito de forma regular pela Manaus Ambiental.  “Nesse primeiro momento, não iremos instalar as torneiras nesse reservatório.  Isso porque a empresa responsável pelo abastecimento de água já está atuando lá”, finalizou.

Fonte: A Crítica
Com informações da Agência de Comunicação do Estado (Agecom).

A ação segue a determinação do governador do Amazonas, Omar Aziz, de liberar o fornecimento de água para os moradores das zonas norte e leste, enquanto perdurar o impasse entre a Prefeitura Municipal de Manaus e a empresa Manaus Ambiental quanto à distribuição da água produzida pelo Proama.  A medida está sendo feita a um mês das eleições municipais

Deixe um comentário