MPF debate questões indígenas em encontro em Manaus

Evento promovido pela 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF busca a elaboração de propostas de atuação institucional em relação à temática

Nos dias 19 e 20 de novembro, ocorre em Manaus, no hotel Blue Tree Premium, o II Encontro Regional da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão (6ª CCR) do Ministério Público Federal, com o tema “Terra e saúde indígenas na região da Amazônia Legal”.

O evento contará com a participação de procuradores da República e servidores do MPF de vários estados do país, que atuam em questões relativas à populações indígenas e comunidades tradicionais. Também estará presente a vice-procuradora-geral da República e coordenadora da 6ª CCR, Deborah Duprat.

A metodologia utilizada para as discussões acerca do assunto abordado durante o encontro será a formação de quatro grupos de trabalho, com os temas “Saúde nas aldeias”, “Saúde no Sistema Único de Saúde (SUS)”, “Saúde nas Casas de Saúde Indígena (Casais)” e “Terras e Fundação Nacional do Índio (Funai)”. A análise dos tópicos possibilitará a elaboração de propostas de atuação institucional sobre cada uma das temáticas.

Representando o Amazonas, participarão do evento os procuradores da República Julio José Araujo Junior, membro da Procuradoria da República no Amazonas (PR/AM), Daniella Mendes Daud e Patrick Menezes Colares, membros da Procuradoria da República no Município de Tefé (PRM/Tefé) e Marco Antônio Ghannage Barbosa, membro da Procuradoria da República no Município de Tabatinga (PRM/Tabatinga).

A segunda edição do encontro a ser realizado em Manaus é organizada pela 6ª Câmara de Coordenação e Revisão, órgão setorial do MPF de coordenação, integração e revisão do exercício funcional dos procuradores da República, nos temas relativos aos povos indígenas e outras minorias étnicas.

A programação do evento tem início às 9h do dia 19, com a abertura oficial, e segue com a discussão nos grupos de trabalho até o final da tarde de segunda-feira. Na terça-feira (20), a manhã é dedicada ao encerramento do trabalho nos grupos e a tarde, às 14h, será realizada plenária sobre o resultado do encontro, que será consolidado em uma carta assinada pelos participantes, e definição de encaminhamentos.

Fonte: MPF – Ministério Público Federal

Deixe um comentário