Sindicato diz que Belo Monte demite após distúrbios

Após distúrbios provocados por trabalhadores há cerca de dez dias, as obras da hidrelétrica de Belo Monte (PA) registram uma onda de demissões, afirmam sindicatos.

A Conlutas, central sindical ligada ao PSTU, diz que houve cerca de 400 demissões e que os desligamentos são uma retaliação ao quebra-quebra que danificou alojamentos, máquinas, veículos e escritórios da obra.

O consórcio responsável pela construção nega represálias e diz que “admissões e demissões ocorrem diariamente por causa do grande volume de mão de obra”.

Fonte: Folha de S. Paulo

Deixe um comentário