BNDES libera R$ 5,2 bilhões para Belo Monte

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou nesta sexta-feira (28/12) a primeira parcela, no valor de R$ 5,2 bilhões, do empréstimo total de R$ 22,5 bilhões concedido à Norte Energia para a construção e operação da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no estado do Pará.

O valor referente ao BNDES, R$ 3,1 bilhões, foi depositado na tarde de hoje. O restante dos recursos serão liberados no próximo dia 2 de janeiro pelos agentes financeiros repassadores: a Caixa Econômica Federal (R$ 1,6 bilhões) e o banco BTG Pactual (R$ 464 milhões).

“Este é um importante marco na história do setor elétrico brasileiro e do empreendimento, tivemos como parceiros, além do próprio BNDES, outros importantes agentes financeiros, que são a Caixa Econômica Federal e o BTG Pactual. Não podemos deixar de agradecer aos bancos que participaram dos financiamentos de curto prazo, que são o Banco ABC Brasil e os próprios Caixa Econômica Federal e BTG Pactual”, afirmou o diretor Financeiro da Norte Energia, Marcelo Perillo.

O investimento total em Belo Monte está estimado em R$ 28,9 bilhões. Além do empréstimo do BNDES, que corresponde a 80% do total a ser investido na hidrelétrica, os acionistas da Norte Energia já desembolsaram em recursos próprios, aproximadamente, R$ 2,8 bilhões dos R$ 6 bilhões previstos. Para completar o investimento total necessário à implantação da Usina Belo Monte, está prevista a captação de R$ 500 milhões em debêntures de infraestrutura. Belo Monte já recebeu a autorização necessária do Ministério de Minas e Energia para a emissão das debêntures de infraestrutura, conforme, previsão da legislação em vigor e a emissão está prevista para 2015.

Fonte: Assessoria BNDES

Deixe um comentário