Acordo entre índios e empresa libera canteiro de obras de Belo Monte

O grupo de indígenas que ocupava o acesso a um dos canteiros de obras da Usina Hidrelétrica Belo Monte, próximo ao município de Altamira, no Pará, entrou em acordo com a empresa Norte Energia no final da tarde desta quarta-feira (9) para desocupar a área.

O acordo foi feito durante uma reunião realizada nesta quarta (9), entre a empresa e os índios. O encontro durou cerca de duas horas, e segundo os índios, o acordo só foi possível porque a Norte Energia atendeu as principais reivindicações da tribo, dentre elas a compensação financeira pelo prejuízo causado à pesca e criação de peixes ornamentais. Os valores do acerto não foram divulgados.

Uma reunião foi marcada para a próxima quinta-feira (10), para formalizar o acordo discutido na tarde desta quarta (9). Além disso, nesta próxima reunião também serão definidos os prazos para que a empresa cumpra as ações acertadas com os indígenas.

Entenda o caso

Na última segunda-feira (7), cerca de 20 lideranças indígenas da tribo Juruna bloquearam o acesso ao sítio Pimental, um dos canteiros de obras da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que está sendo construída no rio Xingu. O bloqueio foi feito no local conhecido como Travessão 27, a aproximadamente 4km da portaria de acesso do canteiro de obras.

Com o protesto, operários do Consórcio Construtor de Belo Monte (CCBM) não puderam trabalhar no empreendimento.

Fonte: G1

Deixe um comentário