Fundo Amazônia aprovou 36 projetos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou ontem que o Fundo Amazônia fechou 2012 com 36 projetos aprovados, totalizando R$ 439,8 milhões. Segundo o informe do banco, desse montante, R$ 134,7 milhões são voltados para ações relacionadas a atividades produtivas sustentáveis, R$ 154,6 milhões para desenvolvimento institucional de órgãos ambientais, R$ 45,8 milhões para regularização ambiental e fundiária e R$ 104,8 milhões para desenvolvimento científico e tecnológico.

O banco detalhou que o volume desembolsado em 2012 foi de R$ 71,2 milhões. Com isso, desde o início de sua operação em 2009, o Fundo Amazônia já desembolsou um total de R$ 142,1 milhões. Os desembolsos seguem os cronogramas físico-financeiros dos projetos apoiados, cujos prazos de execução variam de um a cinco anos, informou o BNDES.

Entre os projetos, o banco citou a criação de 135 mil quilômetros quadrados de Unidades de Conservação (UCs), a regularização fundiária de 800 propriedades rurais e projetos de produção sustentável em 2,2 mil imóveis. Ao todo, já são 560,7 mil quilômetros quadrados de áreas protegidas com gestão ambiental ou fortalecimento de controle de território. Além disso, R$ 62,7 milhões são destinados a projetos de combate a incêndios florestais e queimadas ilegais.

Por Alessandra Saraiva
Fonte: Valor Econômico

Deixe um comentário