Brasileiros descobrem peixe transparente na Amazônia

O pequeno peixe de apenas dois centímetros tem o corpo parcialmente transparente, com somente o estômago azul. Foto: Ralf Britz

Pesquisadores brasileiros anunciaram a descoberta de uma nova espécie de peixe de pequeno porte na região amazônica. A expedição que culminou na descoberta foi realizada em 2011 e o peixe transparente foi batizado de Cyanogaster noctivaga.

A equipe de cientistas, formada por três brasileiros e um alemão, Ralf Britz – do Museu de História Natural de Londres, trabalhou durante 15 dias no município de Santa Isabel (AM), analisando as espécies aquáticas presentes no Rio Negro.

Em meio à busca, o grupo se deparou com um peixe de hábitos singulares e que nunca havia sido registrado cientificamente. Conforme informado pela bióloga Manoela Marinho, em declaração ao G1, a espécie só foi encontrada durante as expedições noturnas uma das justificativas para o seu nome, noctivaga.

Além disso, o pequeno animal de apenas dois centímetros tem o corpo parcialmente transparente, com somente o estômago azul, outra referência utilizada no nome, já que Cyanogaster significa estômago azul.

Em entrevista ao G1, os pesquisadores falaram sobre as dificuldades em registrar as amostras da espécie devido à sua fragilidade. Mas, após algumas tentativas, a equipe conseguiu preparar descrições detalhadas sobre o novo peixe, que servirão de base para outros cientistas.

Lúcia Helena Rapp PyDaniel, coordenadora do Departamento de Coleção de Peixes do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, exaltou a importância deste trabalho de pesquisa para que seja possível conhecer melhor a biodiversidade Amazônia. Ela também explicou que o peixe transparente é uma espécie nova e que, certamente, exerce um papel ainda não totalmente identificado no ambiente em que vive.

Fonte: Clico Vivo
Com informações do G1

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*