Indígenas receberão cursos de brigadistas para atuar contra incêndios florestais

Aproximadamente 400 indígenas, em nove estados do Brasil, irão participar de cursos de capacitação de brigadistas durante 2013. Por meio do curso, serão implantadas 18 novas Brigadas Federais para atuarem contra incêndios florestais em terras indígenas selecionadas. As brigadas receberão equipamentos de proteção individual e de combate ao fogo, salário, benefícios e acompanhamento técnico-administrativo, com recursos do Ibama.

A capacitação será realizada pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), do Ibama, em parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai). O programa tem como objetivo realizar a implementação do manejo integrado e do manejo tradicional do fogo nas áreas contempladas, além da formação de um contingente indígena especializado, disponível para atuar quando necessário, a fim de melhorar a segurança e eficiência das operações de combate aos incêndios florestais nessas áreas.

A seleção das terras indígenas contempladas foi realizada por meio de critérios técnicos, tais como a incidência de focos de calor captados via satélite, as áreas remanescentes de vegetação nativa e a presença de áreas protegidas federais. Houve ainda uma avaliação conjunta entre os coordenadores estaduais do Prevfogo e os técnicos das Coordenações Regionais da Funai.

As áreas indígenas contempladas com as brigadas este ano são: Coroa Vermelha, na Bahia; Avá-Canoeiro, em Goiás; Governador, Bacurizinho e Kanela, no Maranhão; Xacriabá, em Minas Gerais; Kadiwéu, Cachoeirinha e Limão Verde, no Mato Grosso do Sul; Paresi Bakairi e Wawi, no Mato Grosso; Tenharim-Marmelo, em Rondônia; São Marcos, Raposa Serra do Sol, Araçá e Taba Lascada, no estado de Roraima; Xerente e Khraolândia, no Tocantins.

A parceria da Funai com o Prevfogo/Ibama é realizada desde 2011 e está em análise a assinatura de um Termo de Cooperação para formalizar as ações conjuntas. Além das ações conjuntas com o Prevfogo/Ibama, também é promovida a formação de Grupos de Prevenção a Incêndios Florestais em Terras Indígenas, por meio da capacitação de índios sobre prevenção e manejo do fogo.

O objetivo é minimizar os impactos desses eventos sem, contudo, desconsiderar as práticas tradicionais. Os cursos valorizam os conhecimentos tradicionais e promovem o diálogo intercultural acerca das práticas de manejo do fogo.

A consolidação destas ações por meio da Funai tornou-se possível com a estruturação da área de gerenciamento de incêndios florestais em terras indígenas, inserida na Coordenação Geral de Monitoramento Territorial (CGMT), o que levou a fundação a aprimorar seus conhecimentos e práticas, além de fortalecer a interlocução com os órgãos ambientais.

Fonte: EcoD

Deixe um comentário

Um comentário em “Indígenas receberão cursos de brigadistas para atuar contra incêndios florestais

  • 26 de junho de 2013 em 21:03
    Permalink

    esse Governador no Maranhão, que área indígena é essa? esta nesse texto ai em cima!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*