Médicos estrangeiros recebem acolhida e iniciam treinamento em Manaus

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, ressaltou que 20% dos profissionais que vão trabalhar no interior do Amazonas têm , pelo menos, um tipo de especialização

Em uma solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (16) na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), os 74 profissionais estrangeiros selecionados pelo programa ‘Mais Médicos’, que chegaram a Manaus neste domingo (15) foram recepcionados pelos representantes da área da saúde no Estado do Amazonas. Os médicos estão ansiosos para começar a trabalhar.

Durante a acolhida, secretários de saúde de vários municípios estiveram presentes.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, ressaltou que 20% dos profissionais que vão trabalhar no interior do Estado têm, pelo menos, um tipo de especialização.

O médico cubano Carlos Alberto, mestre em doenças infectocontagiosas, disse que tem muito conhecimento sobre várias doenças e que está ansioso para poder aplicar na prática tudo o que leu nos livros.

Segundo o diretor presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, os profissionais vão passar duas semanas em treinamento e, após a conclusão do curso, devem seguir para os municípios nos quais vão atuar.

Dos 76 médicos, 61 são originários de Cuba e os 15 restantes vêm de vários países, como Espanha, Portugal, Bolívia, Peru, República Dominicana, México, dentre outros.

Na primeira fase do “Mais Médicos”, o Amazonas deve receber 123 profissionais, entre brasileiros e estrangeiros, que irão atuar na Atenção Básica, em unidades de saúde das Prefeituras e nos DSEIs.

Por:  Jaíze Alencar
Fonte: A Crítica 

Deixe um comentário