Áreas alagadas no leste maranhense estão desaparecendo devido a seca

Em algumas regiões, lagos estão desaparecendo. Em outras, não chove há pelo menos três meses.

Na região leste do Maranhão, grandes áreas que costumam ficar alagadas o ano inteiro estão desaparecendo por causa da falta de chuvas na região. Muitos riachos já secaram e o sofrimento com a estiagem atinge pessoas e animais.

Os brejos têm fontes próprias e vegetação ciliar características com destaque para as palmeiras de buriti. Este tipo de vegetação é conhecida por ser resistente às mais fortes estiagens. Mas este ano algo está preocupando quem vive à margem do que corria perenemente o ano inteiro.

“Era uma água boa, era excelente. Era um ‘banhador’, a gente banhava aqui; lavador de roupa. Hoje num presta mais. Ta tudo seco. Ta com uns três meses já isso. Nunca tinha visto”, disse o lavrador Raimundo Nonato Dias do Nascimento, morador de Bacabinha.

Na mesma região, um lago também deixou de existir. Ano passado ocorreu algo parecido. “Ano passado ele secou, mas não ficou desse jeito. Baixou um pouco, mas num ficou como esse ano não”, afirmou a lavradora Maria José Nunes.

Fonte: G1

Deixe um comentário