Governo entrega primeira obra da Copa

Ponte liga a avenida Beira-Rio ao bairro Coophema e ajudará a desafogar o trânsito em toda a região sul da capital mato-grossense

Autoridades estaduais e o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, estiveram presentes na solenidade que aconteceu na manhã de ontem

O governo do Estado entregou ontem aos cuiabanos a primeira obra de mobilidade urbana realizada para a Copa do Mundo de 2014. A construção, formado pela interligação da Avenida Beira-Rio à Rua Antônio Dorileo e uma ponte sobre o Rio Coxipó, deverá atenuar o tráfego e aumentar a capacidade de fluxo de veículos na região sul de Cuiabá. Até novembro, serão entregues 12 obras, das 56 programadas para o evento.

No trecho de 2,5 quilômetros foram investidos aproximadamente R$ 14 milhões. “Essa foi uma obra planejada para verdadeiramente transformar Cuiabá e viabilizar a logística urbana na região metropolitana”, disse o governador Silval Barbosa. “Volto a dizer que nenhuma outra cidade-sede da Copa do Mundo terá o volume de obras que tem Cuiabá”, completou. Além de diversos políticos, a inauguração teve a presença do prefeito da Capital, Mauro Mendes.

Sob a responsabilidade da empresa Atrativa Engenharia, a ponte denominada “Profº Benedito Figueiredo” conta com 155 metros de extensão por 12,8 metros de largura. Já a ligação da Beira-Rio com a Antônio Dorileo recebeu o nome de “Engenheiro Quidauguro Fonseca” e irá facilitar a circulação de moradores de bairros como Praeirinho, Parque Cuiabá, Coophema, Coxipó, Jardim Gramado e Vista Alegre.

O casal José Caetano, 71 anos, e Maria Aparecida de Souza, 64 anos, reconhecem a importância da obra. “Vai melhorar 100%. Para ir até Santo Antônio será um pulinho”, disse José Caetano, que mora no bairro Jardim Paulista.

De acordo com o secretário Extraordinário da Copa do Mundo – Fifa Brasil 2014 (Secopa), Maurício Guimarães, o trânsito na nova avenida foi liberado na última sexta-feira com cerca de mil veículos trafegando por hora.

“Esta é uma obra aguardada por muitos anos e já foi lançada quatro vezes por gestores anteriores. Tivemos dificuldades de desapropriações e tivemos que usar força policial para retirar invasores”, disse. No local, foram feitas cinco desapropriações.

Conforme Secopa, uma nova linha de ônibus do transporte coletivo deve passar pela nova pista. Para isso, está em estudo um traçado que sai do Parque Cuiabá, atravessa a nova ponte até a avenida Beira Rio, seguindo até a estação do VLT, na avenida XV de Novembro, bairro do Porto.

Até novembro, o governo pretende entregar 12 obras de mobilidade urbana na Capital. Amanhã (31), está prevista a entrega da ponte da rua dos Eucalíptos, também sobre o Rio Coxipó, que interliga a avenida Arquimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho) ao bairro Jardim das Palmeiras. Esta obra vai amenizar o fluxo de veículos na Avenida Fernando Correa da Costa.

Também será inaugurada a duplicação da avenida Juliano Costa Marques, que liga as avenidas Rubens de Mendonça e Dante de Oliveira, no bairro Bela Vista.

Por: Joanice de Deus
Fonte: Diário de Cuiabá

Deixe um comentário