Navios da Marinha partem para a Antártica em missão científica

Os navios Almirante Maximiano e Ary Rongel partiram nesse domingo (6) da Base Naval do Rio de Janeiro, na Ilha do Mocanguê, para a 32ª Operação Antártica. As embarcações só deverão retornar em 17 de abril de 2014. A missão inclui a manutenção dos abrigos localizados nas ilhas da região e o apoio a projetos nas áreas de oceanografia, hidrografia, biologia, geologia, antropologia e meteorologia.

Os pesquisadores farão sondagens e levantamentos oceanográficos, observação de animais e coletas de amostras de solo e água. O Ary Rongel, incorporado à Marinha em 1994, é preparado para navegar em regiões polares e está em sua 20ª missão austral, sob o comando do capitão Sérgio Lucas da Silva. Tem dois laboratórios para pesquisa.

O Almirante Maximiano, comandado pelo capitão José Benoni Valente Carneiro, foi incorporado à Marinha em 2009 e está em sua quinta missão à Antártica. Tem, entre outros equipamentos, um guincho geológico capaz de coletar amostras do solo marinho a até 10 mil metros de profundidade. Os navios têm o apoio de dois helicópteros modelo Esquilo.

As embarcações têm escalas previstas nos portos de Rio Grande (RS), Montevidéu, Buenos Aires e Ushuaia (Argentina) e Punta Arenas (Chile). O Programa Antártico Brasileiro começou em 1982 e garante a presença nacional na região.

Por: Vladimir Platonow
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Graça Adjuto

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*