Governo anuncia medidas para beneficiar povos extrativistas da Amazônia

O governo federal anunciou ontem (29) medidas para beneficiar os povos e comunidades extrativistas da região amazônica. Dentre os benefícios estão a destinação de R$ 223,2 milhões para a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e R$ 11,7 milhões para formação de extrativistas nos próximos dois anos. O anúncio foi feito no Assentamento Extrativista Vila do Tonhão (PA) pelas ministras do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas,

Em 2014, a Ater deverá ser ampliada nos territórios beneficiados pelo Programa Bolsa Verde, com chamada pública no valor de R$ 48 milhões. Outra medida anunciada hoje é a destinação, até 2016, de R$ 120 milhões para garantir preços mínimos aos produtos extrativistas com base na ampliação da Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) para as famílias extrativistas.

Também estão previstos investimentos no fortalecimento social e econômico de organizações extrativistas, em 2014, totalizando R$ 123 milhões. Para estimular a cidadania na floresta, foi determinado ao Ministério do Meio Ambiente e ao Ministério das Cidades que adotem os instrumentos necessários para viabilizar o uso da madeira para a construção de moradias no Programa Minha Casa, Minha Vida, além do acesso efetivo das populações extrativistas ao programa, garantindo o direito à moradia digna. Também serão destinados R$ 14 milhões para aquisição de transporte escolar adequado para beneficiar e estimular a educação entre os povos da floresta e das águas.

O anúncio ocorreu dentro da programação do 2º Chamado dos Povos das Florestas, encontro organizado pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), entidade que representa, politicamente, o movimento social dos extrativistas do Brasil. O conselho foi criado em 1985, no 1º Encontro Nacional de Seringueiros, feito em Brasília. A entidade é resultado da articulação política do líder seringueiro Chico Mendes. Na ocasião, também foi lançada a publicação Brasil Sustentável – Políticas Públicas para os Povos da Floresta.

Por: Sabrina Craide
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Fábio Massalli

Deixe um comentário

Um comentário em “Governo anuncia medidas para beneficiar povos extrativistas da Amazônia

  • 24 de agosto de 2015 em 17:19
    Permalink

    Queria saber se teria possibilidade de ir trablahar na Africa sou estudante de Administrae7e3o e seria muito bom fazer parte deste crescimento e acontecimento em que ficare1 para a historia das copas ,pois um pais marcado pela HIstoria e pelo povo acredito que tenho algo que pode ser importante a outras pessoas como:carinho,etica ,esfore7o pessoal e determinae7e3o.Sei que ne3o poderei ser atendido ,mais so de ter umespae7ao em sua pagina para escrever um desejo detrablahar no pais da copa je1 me deixa feliz .Um abrae7o.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*