Defesa pede transferência de Pedro Henry para Mato Grosso

A defesa do ex-deputado federal Pedro Henry (PP-MT) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a transferência de seu cliente para o estado de Mato Grosso. Henry se entregou ontem (13) à Polícia Federal (PF), em Brasília (DF), e renunciou ao mandato após ter a prisão decretada pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa.

O ex-parlamentar foi condenado a sete anos e dois meses, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na Ação Penal 470, o processo do mensalão. De acordo com a Lei de Execução Penal, detentos podem pedir à Justiça para cumprir a pena em presídios localizados próximo aos parentes.

Quinta-feira (12), Barbosa determinou o fim do processo para Henry por entender que as penas devem ser executadas imediatamente porque não cabem mais recursos contra a condenação.

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Aécio Amado

Deixe um comentário