Balanço semestral do MPF aponta 393 novas denúncias por crimes em Rondônia

Dados são das unidades do MPF em Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena e Guajará-Mirim

O Ministério Público Federal (MPF) fez balanço de sua atuação na área criminal referente ao segundo semestre de 2013. Neste período, o órgão ajuizou 393 ações penais (denúncias). O MPF atua nos casos em que a competência para processar e julgar o autor de fato criminoso é da Justiça Federal.

Em Porto Velho foram oferecidas 174 denúncias, sendo 53 de crimes contra o meio ambiente. Em Ji-Paraná foram ajuizadas, ao todo, 91 denúncias – a maior parte delas foi de crimes contra a fé pública. Em Vilhena, 51 ações foram oferecidas, sendo 17 de crimes contra as telecomunicações e 16 sobre crimes ambientais. A unidade do MPF em Guajará-Mirim ingressou com 77 denúncias, 30 delas de crimes contra a administração pública e 21 por tráfico de drogas.

No geral, o crime mais frequente em Rondônia é o ambiental (23% do total). Desmatamentos ilegais, extração de madeira de unidades de conservação e exploração ilegal de minérios são alguns exemplos de crimes praticados no estado. O segundo tipo de crime mais frequente é o contra a fé pública (17%). Já o tráfico internacional de drogas corresponde a 10% do total das denúncias feitas pelo MPF em Rondônia nos últimos seis meses.

Fonte: MPF – Ministério Público Federal

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*