Ibama emite licença de operação para trecho Macapá do linhão de Tucuruí

Linha de 338 km vai possibilitar conexão da capital do Amapá ao SIN

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis emitiu a licença de operação da linha de transmissão, em 230 kV, Jurupari-Laranjal do Jari-Macapá, parte do Linhão Tucuruí-Manaus-Macapá, que vai permitir a integração do sistema elétrico da região Norte ao Sistema Interligado Nacional. O empreendimento, com 334 quilômetros, é parte integrante do Lote B do leilão do linhaão.

Segundo o Ibama, um diferencial do projeto refere-se às exigências do órgão para a adoção de tecnologias de construção de menor impacto ambiental, que envolvem, por exemplo, cuidados especiais para intervenção em áreas alagadas, uso de estruturas autoportantes e o alteamento de torres. O resultado dessas tecnologias, de acordo com o Ibama, traduziram-se na redução dos quantitativos de terraplanagem e de supressão de vegetação na faixa de servidão. Além disso, foram estabelecidas diversas medidas de controle ambiental essenciais à sustentabilidade do projeto.

O Ibama relatou que ao longo do procedimento de licenciamento ambiental foram realizadas dez vistorias de acompanhamento, entre os anos de 2011 e 2013. A atuação do Núcleo de Licenciamento Ambiental do Amapá, afirma o instituto, foi fundamental para adequar as obras aos critérios ambientais. No segundo semestre de 2013, O Ibama chegou a determinar a paralisação das obras, cuja retomada foi condicionada à execução de plano de trabalho corretivo.

Fonte: Canal Energia

Deixe um comentário

Um comentário em “Ibama emite licença de operação para trecho Macapá do linhão de Tucuruí

Os comentários estão desativados.