FAB suspende buscas a bimotor no Pará

A assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) informou ontem (3) que as buscas pelo bimotor desaparecido na região de Jacareacanga (PA) foram suspensas. Destacou, porém, que não considera encerradas as buscas, mas explicou que o avião Amazonas C-105 e o helicóptero Black Hawk só voltarão a sobrevoar a área no surgimento de alguma nova evidência, como relatos de moradores da região, por exemplo.

Em 17 dias, as equipes da FAB sobrevoaram a região por 161 horas, sem encontrar nenhuma pista do bimotor. Durante as buscas, o avião e o helicóptero varreram a área mais de uma vez, totalizando 15.800 km² percorridos. A equipe de busca chegou a utilizar também um avião P-3 Orion, com sensores capazes de detectar peças metálicas durante o trabalho de rastreamento. “Todos os indícios que tínhamos foram trabalhados e esgotados”, explicou a assessoria da FAB à Agência Brasil.

Desaparecido no dia 18 de março, o bimotor de prefixo PR-LMN, pertencente à empresa Jotan Taxi Aéreo, prestava serviço à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ligada ao Ministério da Saúde. De acordo com o ministério, estavam a bordo as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito Campos, Luciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto Luiz Feltrin.

Por: Marcelo Brandão
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Fábio Massalli

Deixe um comentário