Pesquisa mostra que satisfação dos turistas com a hospitalidade amazonense alcança 97%

Estudo da Amazonastur pediu que os turistas avaliassem 26 itens, como infraestrutura urbana, equipamentos e serviços turísticos; cordialidade e recepção dos amazonenses foram bastante elogiadas

Uma pesquisa realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), aponta que a taxa de satisfação dos turistas com Manaus é de 80,03% entre turistas brasileiros e de 80,45% entre os estrangeiros, que já passaram pela capital amazonense durante os dois primeiros jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. Esse índice foi obtido com base em 26 itens referentes a infraestrutura urbana, equipamentos e serviços turísticos, avaliados pelos turistas, na pesquisa que vem sendo realizada desde o último dia 14 de junho no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

O governador José Melo destacou que esse resultado reflete o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado para preparar a cidade para receber os jogos do Mundial, construindo a Arena da Amazônia, o Centro de Convenções Centro de Convenções Vasco Vasques e os Centros Oficiais de Treinamento (COTs), além de disponibilizar capacitação específica para diversos segmentos que lidam diretamente com o público, entre eles taxistas e policiais. José Melo também ressaltou a cordialidade do amazonense em receber turistas. “Mais uma vez nossa estrutura funcionou perfeitamente bem. É uma prova que Manaus é uma cidade que se preparou. Não tem só uma bela floresta, belos rios, mas um povo ordeiro e hospitaleiro que sabe receber e é hoje uma cidade superestruturada, com potencial econômico e turístico para sediar outros eventos de grande porte”, afirmou o governador.

No quesito ‘Hospitalidade’, a taxa de satisfação entre os turistas brasileiros foi de 97,14%, e entre os estrangeiros a taxa foi de 97,06%. “Fizemos uma campanha forte de endomarketing que mexeu com os sentimentos dos amazonenses. Envolvemos os taxistas, os vendedores, os garçons, funcionários dos hotéis, entre outros segmentos, e o resultado não poderia ser diferente”, disse a presidente da Amazonastur, Oreni Braga.

Intenção de retornar ao Amazonas

Outro dado de destaque na pesquisa realizada pela Amazonastur é referente à ‘Intenção de voltar ao Amazonas’. Segundo o levantamento, entre os brasileiros, a intenção de retornar é de 88,24%. Já entre os turistas estrangeiros a taxa ficou em 73,68%. “Vale lembrar que esses resultados são prévios. Iremos fazer um balanço final após o último jogo da Copa em Manaus”, informou Oreni Braga.

Dos turistas estrangeiros que já passaram por Manaus, 88,89% vieram pela primeira vez ao Amazonas. Entre os brasileiros, essa taxa foi de 30,56%. A média de idade dos brasileiros e estrangeiros foi estimada em 39 anos.

Mais dados

Segundo os primeiros resultados pesquisa da Amazonastur, o gasto total médio dos brasileiros em Manaus ficou em torno de R$ 1.971,60. Já o gasto total médio dos turistas estrangeiros foi R$ 2.819,84.

Um dos dados que chamou bastante atenção, segundo Oreni Braga, foi em relação à permanência média dos turistas em Manaus. Os primeiros estudos sobre o fluxo de turistas para a Copa apontaram que os turistas ficariam no máximo três dias na capital amazonense. Mas após os primeiros resultados, essa taxa aumentou e ficou de 5,20 dias para os turistas brasileiros e 5,04 dias para os estrangeiros.

O levantamento do Governo do Amazonas aponta ainda que mais de 54 mil turistas passaram por Manaus desde o primeiro jogo, que ocorreu no último dia 14 de junho entre Inglaterra e Itália. No primeiro jogo, o fluxo de turistas foi de 29.814. Já para a partida entre Croácia e Camarões o fluxo foi de 25.069.

Outros dados

Taxas de Satisfação (%)
Brasileiros Estrangeiros
Arena da Amazônia 95,00 100,00
Aeroporto 80,55 92,10
Informações turísticas 90,00 84,06
Opções de lazer 86,21 93,85
Segurança pública 82,86 95,94

* Com informações da Agência de Comunicação do Estado do Amazonas (Agecom)

Fonte: A Crítica

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*