UHE Belo Monte: começa a montagem do sistema de comportas do vertedouro do Sítio Pimental

A Norte Energia deu início a montagem das Comportas Segmentos dos 18 vãos do vertedouro do Sítio Pimental, onde será instalada a Casa de Força Complementar da Usina Hidrelétrica Belo Monte. Nesta segunda-feira (28/7), ocorreu o lançamento do primeiro dos nove elementos da comporta do vão 17, que pesa 36 toneladas e mede aproximadamente 3 metros de altura por 20 metros de largura. A estrutura completa (os nove elementos e braços) pesa 280 toneladas, medindo 22 metros de altura e 20 metros de largura.

As comportas do vertedouro têm a função de manter a vazão na Volta Grande do Xingu e controlar o Reservatório Principal no rio Xingu, de onde, por um canal de derivação de 20 quilômetros, será levada água ao Reservatório Intermediário que abastecerá as turbinas do Sítio Belo Monte (11 mil MW de potência instalada). Os 18 vãos do vertedouro na barragem do Sítio Pimental (233 MW de potência instalada) têm capacidade de vazão de até 62 mil m³/segundo. O volume, que corresponde à previsão de uma cheia decamilenar (período de retorno igual a dez mil anos), é praticamente o dobro da vazão máxima registrada no Xingu, de 32 mil m³/segundo, em mais de 30 anos.

Enquanto no Sítio Pimental eram finalizados os preparativos para o início da montagem da comporta, de Taubaté, em São Paulo, partiam os segmentos da carcaça do estator da primeira unidade geradora do Sítio Belo Monte. Com aproximadamente 23 metros de diâmetro, 4,3 metros de altura e pesando 160 toneladas, o equipamento foi subdividido em quatro carretas especiais. Cada uma transporta um segmento de 40 toneladas.

A carcaça tem a função de abrigar o núcleo e o enrolamento do estator, formando a parte fixa do gerador da primeira unidade do Sítio Belo Monte. O diretor de Fornecimento e Montagem da Norte Energia, Wellington Lopes Ferreira, explica que a carcaça representa o marco inicial da montagem da parte elétrica da unidade geradora, onde acontecerá o princípio da conversão da energia mecânica em energia elétrica.

O transporte dos segmentos da carcaça do estator será feito por via terrestre até Belém. Depois, eles serão embarcados e seguirão por rio até a Estação de Transbordo da Carga (ETC) da obra, em Vitória do Xingu. O transporte deve ocorrer em até 60 dias.

Fonte: Assessoria Norte Energia

Deixe um comentário