TSE aprova forças federais em MT

A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que ainda enviará policiais para mais dois Estados; Gilmar Mendes foi o relator do pedido

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite desta terça-feira (23), em sessão administrativa, o envio de forças federais para 51 municípios brasileiros – 12 deles em Mato Grosso – com o objetivo de garantir a normalidade da votação e apuração do resultado das Eleições de 2014. Haverá envio também para 36 cidades no Rio Grande do Norte, e três no Amazonas,

No caso de Manaus, o pedido foi deferido sem a manifestação do governo do Estado.

O Plenário do TSE aprovou o envio de força federal para os seguintes municípios de Mato Grosso: São Félix do Araguaia, Tangará da Serra, Feliz Natal, Campinápolis, Juara, Peixoto de Azevedo, General Carneiro, Barra do Garças, Brasnorte, Gaúcha do Norte, Paranatinga e Rondolândia. O pedido foi relatado pelo ministro mato-grossense Gilmar Mendes.

Foi autorizado ainda o envio de força federal para os seguintes municípios do Rio Grande do Norte: Macaíba, Ielmo Marinho, Goianinha, Tibau do Sul, Espírito santo, São José de Campestre, Monte de Gameleiras, Serra de São Bento, Caicó, Carnaubais, Ipanguaçu, Mossoró, Serra do Mel, Baraúna, Apodi, Felipe Guerra, Itaú, Severino Melo, Rodolfo Fernandes, Caraúbas, Umarizal, Olho D’Agua dos Borges, Luís Gomes, José da Penha, Major Sales, Paraná, Monte Alegre, Lagoa Salgada, São Fernando, Timbaúda dos Batistas, Pendências, Alto dos Rodrigues, Pedro Avelino, Cruzeta, São José do Seridó e Coronel Ezequiel. A relatora do pedido foi a ministra Luciana Lóssio.

Os pedidos de força federal para os municípios do Amazonas, inclusive a capital Manaus, foram relatados pelo ministro Henrique Neves.

A expectativa do TRE no Estado é apurar os votos das 60 zonas eleitorais do estado até as 22 horas (horário de Mato Grosso) do próximo dia 5. Nesse horário, os nomes dos candidatos eleitos governador, senador, deputados estaduais e federais deverão ser divulgados pela Justiça Eleitoral.

O resultado da votação dos locais mais distantes e de difícil acesso, como aldeias indígenas, deve ser repassado via satélite para que não ocorra demora na apuração. Os 2.189.703 eleitores dos 141 municípios mato-grossenses terão até as 17h para votar.

Em Mato Grosso, cinco candidatos disputam o governo, enquanto seis a uma vaga no Senado; 336 concorrem as 24 cadeiras de deputado estadual e 113 a 8 vagas da Câmara Federal. Os eleitos serão diplomados pela Justiça Eleitoral no dia 19 de dezembro deste ano, em um evento marcado para as 19h30.

Fonte: Diário de Cuiabá

Deixe um comentário