Agenda do Manejo Florestal comunitário é discutida com governo

Seminário reunirá representantes da sociedade civil e governo para repactuar a agenda do tema, considerado um aliado na luta contra o desmatamento.

De 25 a 26 de novembro será realizado em Brasília o seminário “Repactuação da agenda do Manejo Florestal Comunitário e Familiar (MFCF) na Amazônia (2015-2018)”. Participam do evento representantes de organizações da sociedade civil, lideranças comunitárias e órgãos governamentais com o objetivo de discutir ações e prioridades para o MFCF na região.

Precedentes A mobilização em torno do MFCF na Amazônia começou na década de 1990. Cerca de dez anos depois, foi constituído o Programa Federal de Manejo Comunitário e Familiar. Contudo, ele ainda se mostra incipiente. Para muitas organizações da sociedade civil e lideranças comunitárias da Amazônia o Brasil não possui políticas especificamente florestais. O programa federal ainda não ocorre na prática. Sendo assim, o seminário se propõe a colocar novamente o MFCF nas rodas de discussões governamentais e estruturar uma agenda que contribua para a atividade na Amazônia e a sustentabilidade do território.

Desmatamento Recentemente o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) apontou nova alta da devastação na Amazônia legal. No mês de outubro, foram detectados cerca 244 quilômetros quadrados de desmatamento, o equivalente a 24 mil campos de futebol, um aumento de mais 460% em relação a 2013. Nas florestas comunitárias os números também são alarmantes. Segundo o Imazon, comparado ao ano anterior, as áreas desmatadas nos assentamentos cresceu mais de 150 quilômetros quadrados. Especificamente nas Unidades de Conservação Federais o crescimento foi de 31,04 quilômetros quadrados e nas Unidades de Conservação Estaduais atingiu mais de 90 quilômetros quadrados.

A ausência de Políticas públicas que valorizem a floresta em pé tem relação direta com o aumento do desmatamento. Os organizadores do seminário acreditam que o fomento ao MFCF seria uma maneira eficaz de combate a esse problema ambiental na Amazônia, tendo em vista que a atividade aproveita produtos e serviços florestais sem comprometer as espécies envolvidas na exploração e, ainda, gera emprego e renda ao envolver as comunidades no processo de aproveitamento dos recursos naturais.

Apoio O seminário é uma ação do Programa de Manejo Florestal Comunitário e Familiar, promovido pelo IEB, uma instituição brasileira do terceiro setor dedicada a formar e capacitar pessoas, bem como fortalecer organizações nas áreas de manejo dos recursos naturais, gestão ambiental e territorial e outros temas relacionados à sustentabilidade. O evento tem o apoio do Fundo Vale e Mac Foundation.

SERVIÇO

Seminário de Repactuação da agenda do Manejo Florestal Comunitário e Familiar

Data: 25 e 26 de novembro de 2014

Horário: A partir das 8h.

Local: Cáritas Brasileira (SGAN Quadra 601 Módulo F-Asa Norte )

Fonte: Assessoria

Deixe um comentário