Órgãos anunciam plantio de 10 mil mudas e redução no desmatamento para 2015

Redução do desmatamento no Estado e melhoria no índice de arborização da capital estão entre as metas das secretarias Municipal e Estadual de Meio Ambiente para o ano que vem

Para o mundo inteiro, Manaus é considerada a metrópole mais importante da região amazônica por estar inserida de forma imponente neste grandioso espaço. É daqui que nascem muitas ações de preservação relevantes tanto para a capital, que luta para reverter índices alarmantes de arborização, quanto para o interior do Estado, onde números relacionados ao desmatamento despertam a atenção do Poder Público. Segundo as secretarias Municipal e Estadual de Meio Ambiente, as metas para 2015 são ousadas com vistas na qualidade ambiental.

“A arborização será uma das metas mais importantes da nossa secretaria para 2015”, afirmou a secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt.

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2012, Manaus foi a segunda capital com menor índice de arborização do Brasil entre 15 cidades com mais de um milhão de habitantes. A estratégia traçada pela secretaria para melhorar esse número reúne uma série de projetos interligados, entretanto, Kátia diz que o planejamento inclui, principalmente, o plantio de mudas. “Entre 2013 e 2014 mais de 7.000 mudas de espécies arbóreas foram plantadas. No ano que vem esperamos plantar mais de 10.000”, revelou a secretária.

Outro projeto importante da Semmas para 2015 diz respeito aos fragmentos florestais da cidade. Segundo a titular da Semmas, um projeto intitulado “Espaço Verde” deve ser lançado no próximo ano, com a função de integrar moradores de zonas populosas, como a Norte e a Leste, com áreas verdes. “É uma ação importantíssima, pois estaremos recuperando e integrando a comunidade nesses espaços pressionados por invasões e lixeiras viciadas por meio de pistas de caminhadas, ciclofaixas e academias ao ar livre”.

Com custo estimado de R$ 2 milhões, a Semmas ainda pretende reconstruir em 2015 o Horto Municipal na área da Lagoa do Japiim, Zona Sul. As obras, segundo Kátia, irão iniciar e terminar no próximo ano.

O ano de 2015 também deve servir para a consolidação de políticas ambientais. Conforme adiantou a secretária, a Semmas irá trabalhar intensamente no fortalecimento do Conselho Gestor das seis Áreas de Proteção Ambiental (APA) da capital.

“É importante capacitar o licenciamento ambiental. A cidade avança para essas áreas, mas é preciso olhar a particularidade desses ecossistemas”.

Outra providência a ser tomada pelo órgão é a criação do inventário de emissão de gases da cidade. “Pensar o quanto Manaus emite e quanto essas áreas são importantes como neutralizadoras está dentro da nossa estratégia”.

Combate ao desmatamento

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS) também prepara para 2015 uma lista de planos no combate ao desmatamento ilegal no Estado. De acordo com a secretária do órgão, Kamila Amaral, o Amazonas conseguiu reduzir em 2014 cerca de 20% das áreas desmatadas. A porcentagem corresponde a 464 km² e é maior do que a média total da Amazônia, a qual terminou o ano com 18% de redução.

“A nossa meta para 2015 é bastante ousada. Esperamos diminuir para 350 km², que é muito próximo da meta do Acre, com extensão territorial bem menor, mas que espera reduzir para 300 km²”.

A estimativa para o próximo ano vem acompanhada do Plano de Prevenção e Controle ao Desmatamento do Amazonas (PPCDAm), que segundo Kamila, consiste na regularização fundiária, geração de renda com agenda sustentável voltada ao extrativismo, pesca, além de ações de fiscalização no território amazonense.

“O que tem aumentado o desmatamento na Região Metropolitana são as vicinais abertas para novas ocupações, como sítios. Inauguramos este ano o posto na AM-070 para que o Ipaam fique presente, fazendo com que a gente consiga intimidar essas ações”.

Por: Oswaldo Neto
Fonte: A Crítica 

Deixe um comentário

Um comentário em “Órgãos anunciam plantio de 10 mil mudas e redução no desmatamento para 2015

  • 24 de maio de 2015 em 13:51
    Permalink

    Todos os órgãos citados estão de parabéns pelas iniciativas, são louváveis demais.
    Vejo duas frentes de embate: a conscientização e a intimidação. É uma pena que ainda seja necessário intimidar algumas ações nesse sentido, depois de tanto termos veiculação da necessidade de preservar e de cuidar para que nós mesmos não venhamos a sofrer os danos das nossas próprias ações.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*