Aldo Rebelo deixa o Esporte e vai para Ciência, Tecnologia e Inovação

Alagoano, Aldo Rebelo construiu sua vida política em São PauloArquivo/Wilson Dias/Agência Brasil

Novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o atual ministro do Esporte, Aldo Rebelo, é membro do PcdoB. Jornalista e deputado federal eleito por cinco mandatos consecutivos (1989 a 2011), é conhecido pela postura nacionalista e por projetos como o da redução de estrangeirismos na língua portuguesa e o da reforma do Código Florestal Brasileiro. Com intensa participação na área das relações exteriores e de defesa nacional, foi membro da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, sendo seu presidente em 2002.

Presidente da Câmara de 2005 a 2007, foi líder do PcdoB e do governo Lula. Em janeiro de 2004, licenciou-se do mandato de deputado e assumiu a Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais da Presidência da República. Nas eleições municipais de 2008, foi candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa de Marta Suplicy (PT). O candidato vitorioso foi Gilberto Kassab, indicado hoje para o Ministério das Cidades.

Natural de Alagoas, Aldo Rebelo começou a se interessar por política quando estudava no Colégio Agrícola Floriano Peixoto, na década de 70. Ele ingressou na Ação Popular (AP) e, em 1977, no PcdoB. Em 1979, quando a União Nacional dos Estudantes (UNE) foi reconstruída, Aldo foi eleito secretário-geral e chegou à presidência em 1980. Sua trajetória parlamentar teve início em 1988, quando foi eleito vereador por São Paulo.

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Nádia Franco

Deixe um comentário