MT – Demandas de indígenas que bloquearam BR-163 no Nortão serão debatidas pelo governo em Brasília

O governo do Estado se comprometeu em dialogar com o Ministério da Justiça, em Brasília, sobre as demandas apresentadas pelos povos Terena e Mabengroké, que durante cinco dias interditaram a BR-163, na região Norte. Esta manhã, em conversa por telefone com o cacique Rondon, dos Terena, Pedro Taques convidou os representantes das etnias para uma reunião no Palácio Paiaguás. Ainda não há data para o encontro. A negociação também contou com a participação do deputado federal Nilson Leitão.

O bloqueio da BR-163 começou na manhã do dia 30 de janeiro e seguiu até hoje, quando uma equipe da Força Nacional de Segurança, autorizada pelo Ministério da Justiça, chegou ao local para dar apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) na desobstrução da rodovia. Conforme informou a assessoria de imprensa do Ministério, os indígenas apresentaram as demandas das etnias em um documento, que será encaminhado ao gabinete do Ministério da Justiça para análise.

Entre as demandas estão melhorias na área da saúde e a exoneração da coordenadora do Distrito Sanitário Especial Indígena Kayapó no Mato Grosso (DSEI), Sanna Rochelle Sarmento. Em nota, o Ministério da Saúde informou que a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) tem intensificado as ações de atenção à saúde indígena, tendo como uma das principais estratégias o programa Mais Médicos. Conforme o Ministério, o DSEI Kayapó/Mato Grosso recebeu quatro médicos pelo programa, para reforçar as equipes multidisciplinares, e no último semestre foram enviadas três remessas de medicamentos para atendimento à saúde indígena da região.

Fonte: Só Notícias

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.