Ex-diretor da Petrobras diz que repassou R$ 300 mil a Tião Viana

Em depoimento de delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa disse que o governador do Acre, Tião Viana (PT), recebeu R$ 300 mil para a sua campanha ao Senado em 2010. Segundo Costa, o valor foi pago pelo doleiro Alberto Youssef.

O governador do Acre, Tião Viana, foi citado no depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e poderá ser investigado pelo STJDivulgação

O ex-diretor disse que o repasse consta em agenda apreendida pela Polícia Federal na casa dele durante as diligências da Operação Lava Jato. O suposto pagamento foi declarado como “0,3 Tvian”. Costa disse ainda que o valor foi contabilizado na “cota do PP”.

Com base nas declarações, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidirá se pede ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) abertura de inquérito para investigar os fatos que envolvem Viana.

O suposto pagamento foi noticiado pela imprensa em dezembro do ano passado. Na ocasião, o governador declarou que não conhece Paulo Roberto Costa e nunca teve qualquer relação com o ex-diretor. O depoimento de delação premiada de Costa foi divulgado hoje (9), após decisão do ministro Teori Zavascki, que retirou o sigilo da parte da investigação que tramita no Supremo Tribunal Federal.

Por: André Richter
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Luana Lourenço

Deixe um comentário