Comunidades da Terra do Meio (PA) e empresas fortalecem cadeia de valor na Amazônia

Durante a II Segunda Semana do Extrativismo da Terra do Meio (PA), realizada na Resex do Rio Iriri, empresas como a Mercur e a Wickbold pactuaram acordos de compra de toda a borracha e castanha produzida nas próximas safras

Viviane Biz, compradora de matéria prima da Wickbold, participou do evento e foi conhecer de perto a atividade extrativista. A empresa desenhou um modelo de compra diferenciado com as comunidades, e por meio de um termo de compromisso irá comprar toda a castanha que irá sair das Resex e chegar ao porto de Altamira. Irá pagar R$ 70 por caixa incluído o frete de R$11,50 por caixa para ter a oportunidade de negociar diretamente com a comunidade e receber uma matéria-prima extraída e beneficiada em uma floresta protegida|Marcelo Salazar-ISA

Representantes da empresa Mercur, maior transformadora brasileira de borracha e Wickbold, segunda marca do país no setor de pães industrializados pactuaram acordos de compra da produção de toda a borracha e castanha disponível nas próximas safras das Resex da região da Terra do Meio (PA). Os termos foram definidos durante a II Semana do Extrativismo da Terra do Meio, em 17 e 18 de maio, no centro da Reserva Extrativista do Iriri, sul do Pará.

Além dos parceiros comerciais, gestores das Unidades de Conservação e representantes dos governos municipal, estadual e federal e organizações atuantes na região também participaram do evento.

As três Reservas Extrativistas da Terra do Meio foram criadas entre 2004 e 2008 e estão consolidando uma cadeia de valor na região. O próximo passo vai depender, mais uma vez, de políticas de incentivo adequadas para populações que vivem a uma distância que pode chegar a 10 dias de barco do próximo centro urbano, que é Altamira, com quem dividem os serviços públicos já sobrecarregados com a chegada da usina Belo Monte, em construção desde 2011.

Leia o manifesto da Semana e o documento com as reivindicações elaboradas durante a II Semana do Extrativismo da Terra do Meio e entregues à presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Maria Emília Jaber e ao secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Guilherme Cabral.

Acompanhe como foi o evento no site do ISA

Fonte: ISA

Deixe um comentário