Inventário florestal revelou cacau nativo na reserva extrativista Chico Mendes

Inventário florestal promovido na Reserva Extrativista (Resex) Chico Mendes – unidade de conservação federal administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizada no Acre – revelou grande ocorrência de cacau nativo em toda a Unidade de Conservação, totalizando uma área de quase 1 milhão de hectares.

O diagnóstico possibilitará que o cacau integre a cesta de produtos ofertada pela comunidade tradicional ao mercado interessado. Isso graças a novas estratégias de manejo florestal de uso múltiplo que poderão ser promovidas na Reserva a partir do inventário.

A iniciativa do inventário em si contou com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), tendo sido realizado pela Associação Andiroba e coordenado pelos engenheiros florestais com pós-doutorado na área, Ecio Rodrigues e Thiago Cunha, além de uma equipe de técnicos.

O objetivo do levantamento foi comprovar, por meio de um trabalho técnico, a ocorrência da espécie, e a partir deste resultado estimular a produção do cacau nativo dentro da unidade, agregando-o posteriormente à cesta de produtos florestais não madeireiros da Resex.

E já há uma demanda pelo produto, com empresas nacionais e internacionais que o buscam seja pela qualidade das sementes seja por ser 100% nativo, o que o torna um diferencial.

A realização do inventário permitiu o cálculo da quantidade média de indivíduos existentes na área da Resex. O inventário sinaliza para a realização do manejo comunitário da espécie como viável, por reunir as condições consideradas ideais para seu funcionamento nas comunidades extrativistas.

Fonte: ICMBio

Deixe um comentário