Jogos Indígenas devem receber 10 mil turistas por dia, estima ministério

O ministro do Esporte, George Hilton, visitou ontem (28) a cidade de Palmas para saber como estão as obras para os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas. Hilton conheceu os locais que abrigarão os atletas, as escolas municipais que receberão modalidades desportivas e a Universidade Federal de Tocantins, onde está sendo construída uma pista de atletismo.

Os jogos ocorrerão de 23 de outubro a 1º de novembro na capital tocantinense. Segundo o ministério, são esperados 1.150 atletas de etnias nacionais e 1.100 de outros países, além de mais de 10 mil turistas por dia.

“A ideia de vir aqui hoje é mostrar que os três entes estão integrados, os governos federal, estadual e municipal, além do Comitê Intertribal. Unidos, faremos uma grande celebração e realizaremos um evento de sucesso, dentro do cronograma”, disse Hilton, em entrevista divulgada pelo site do Ministério do Esporte.

“A ideia é que Palmas seja sede de outros eventos, tanto nacionais como internacionais. Eventos como esse trazem veículos de comunicação de diversos países do mundo. O objetivo é colocar a capital de Tocantins como centro esportivo”, acrescentou o ministro.

O secretário dos Jogos Indígenas, Hector Franco, informou que a Vila dos Jogos, principal local de competições, está com as obras em andamento. “A área já recebeu 90% da pavimentação e 80% da rede elétrica e conta com 30% da instalação de água e esgoto executadas. O mais importante é que essa estrutura de base torna Palmas apta p ara receber qualquer grande evento”, disse Franco ao site oficial do evento.

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Aécio Amado

Deixe um comentário