Plano estratégico de 2015-2020 da FSC Brasil está construído

Decisões importantes foram tomadas para conduzir o trabalho do FSC no Brasil. Alcance aos consumidores brasileiros, aumento de produtos certificados no mercado nacional, acesso de pequenos produtores, povos indígenas e comunidades ao FSC, crescimento da certificação na Amazônia, garantia de continuidade e estímulo das florestas plantadas, fortalecimento e equilíbrio entre as câmaras social, ambiental e econômica. Todos estes temas estão presentes no plano.

Todo este processo teve início na Assembleia Geral de 2014, onde os membros presentes se dividiram em grupos para fazer um balanço da atuação do FSC nos últimos 4 anos, uma análise de conjuntura nacional, internacional e interna ao FSC Brasil e, a partir daí, trazer recomendações para o plano.

Nos dias 11 e 12 de maio, a equipe executiva do FSC Brasil se reuniu com o Conselho Diretor para desenvolver a segunda etapa do planejamento. Foi definida, em plenária, a alteração do plano 2015-2018 para 2015-2020 e debatidos o contexto atual e o cenário em torno de cada um dos objetivos estratégicos já definidos, bem como construídos os resultados esperados para 2020.

A penúltima etapa do planejamento foi realizada nos dias 24 e 25 de junho, durante a Assembleia Geral de 2015, com a apresentação da primeira versão do plano para todos os presentes. Em seguida, os membros se dividiram em grupos para discutir as estratégias e os resultados esperados de cada um dos objetivos e os caminhos para que possamos atingi-los de maneira eficaz. As sugestões propostas foram debatidas e validadas em plenária. A próxima e última etapa será a elaboração do plano de ação pela equipe executiva do FSC Brasil.

No segundo dia de Assembleia foi apresentado o parecer da auditoria de 2014 e recomendações do Conselho Fiscal. Também foram debatidas questões estatutárias e eleitos os novos integrantes do Conselho Diretor e Conselho Fiscal, que iniciarão seus mandatos em dezembro de 2015. São eles:

Conselho Diretor

Câmara Ambiental – Luciana Maria Papp (membro individual)

Câmara Social – Ângelo Ricardo Sousa Chaves (Coomflona)

Câmara Econômica – Christiano Ribeiro do Valle (Tora Brasil)

Conselho Fiscal

Câmara Ambiental – Jorge Ribeiro (membro individual)

Câmara Social – a definir

Câmara Econômica – Paulo Dantas (Cenibra)

Fonte: FSC Brasil

Deixe um comentário