Conferência aponta caminhos para desenvolver assentamentos sustentáveis na Amazônia

31 de agosto de 2015 – Movimentos sociais ligados a reforma agrária da Amazônia realizam, na terça-feira (1º de setembro), em Brasília, uma conferência sobre assentamentos sustentáveis na região.

No encontro, os organizadores apresentarão propostas para que os assentamentos na Amazônia possam ser consolidados sem que haja degradação social ou ambiental, com acesso à assistência técnica e extensão rural, crédito e tecnologias de produção agropecuária e florestal, entre outras estratégias. Tais propostas foram discutidas em dez conferências regionais, realizadas em maio e junho deste ano, e consolidadas em um documento a ser entregue para o governo federal durante o evento, e que será a “bandeira de luta” dos movimentos sociais nos próximos anos.

Quase 40% dos assentamentos brasileiros estão localizados na Amazônia e ocupam 81% da área atualmente destinada à reforma agrária no país.

Durante o encontro, o IPAM apresentará dados sobre desmatamento nos assentamentos da região. “Nos últimos anos, os assentados foram mostrados como vilões do desmatamento, como se a fragmentação da derrubada de vegetação fosse exclusividade desse grupo”, afirma o agrônomo Cássio Pereira, diretor adjunto do instituto. “Mostramos que o desmatamento nos assentamentos segue a mesma dinâmica de queda registrada em toda a região.”

O evento reunirá cerca de 50 lideranças dos movimentos sociais da reforma agrária dos nove estados da Amazônia Legal, além de dirigentes nacionais da Contag, MST, Fetraf, CNS e GTA e representantes do Ipam. Foram convidados representantes do Incra, dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA), Desenvolvimento Social (MDS), Meio Ambiente (MMA), Pesca e Aquicultura (MPA) e Agricultura (MAPA), da Secretaria Geral da Presidência da República, da Anater e parlamentares da bancada da Amazônia.

Serviço:

Conferência dos Movimentos Sociais do Campo sobre Assentamentos Sustentáveis na Amazônia Brasileira

Data: 1º de setembro de 2015 (terça-feira), de 9h às 17h30

Local: auditório do Centro de Estudo Sindical Rural (Cesir), SMPW quadra 01 conjunto 2 lote 2, Núcleo Bandeirante/DF

Fonte: INPA

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*