Aeroportos da Amazônia ficam sem R$ 50 milhões, alerta associação

Recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil seriam para subsídios a voos regionais na região e investimentos em aeroportos

Os municípios do interior do Amazonas estão sem receber parte dos R$ 50 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), que seriam utilizados em programas de subsídios a voos regionais na Amazônia e investimentos em aeroportos. Quem faz o alerta é o presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), Antônio Hiran Lima (PSD) –que também é prefeito de Boca do Acre, município localizado a 2.322 quilômetros da capital.

Gerido pelo Ministério da Fazenda, o Fnac recebe recursos de outorgas de concessões de aeroportos e de taxas pagas pelas empresas aéreas para voar. O Fundo tem previsão de terminar o ano com um saldo de R$ 4 bilhões. Os R$ 50 milhões destinados à Região Amazônica é um pedido da Secretaria de Aviação Civil que corresponde a 10% do orçamento previsto neste ano para este serviço.

Fonte: Jornal do Commércio

Deixe um comentário