Dois são detidos por extração ilegal de madeira no interior do Acre

Além da madeira, a polícia apreendeu 2 motos, 1 arma e 2 motosserras. Ação faz parte da Operação Floresta Viva, iniciada pelo Imac.

Dois homens foram detidos por crime ambiental, nesta quinta-feira (3), no município de Acrelândia, distante 105 km da capital Rio Branco. O major Carlos Negreiros, do Policiamento Ambiental em Rio Branco, informou que os homens foram flagrados no momento em que derrubavam árvores no Ramal do Pelé, no interior do município.

Com eles, a polícia também apreendeu uma arma calibre 32, cinco munições, duas motosserras e duas motocicletas, sendo uma roubada. Além disso, 21 blocos e 15 toras de madeira. Os homens foram encaminhados para a delegacia de Acrelândia e não tinham passagem pela polícia.

Segundo Negreiros, esse tipo de crime é comum na região. “Ontem mesmo nós apreendemos dois tratores e um caminhão com madeira ilegal, durante essa mesma operação ‘Floresta Viva’. Estamos com equipes no local desde segunda-feira (31). Recebemos muitas denúncias sobre crimes ambientais nessa região”, conta.

O sargento Renilson Souza, do Policiamento Ambiental, participou da operação e disse q o local onde os suspeitos foram encontrados é de difícil acesso, principalmente nessa época de chuvas. Souza conta que a equipe teve que deixar o veículo na entrada do ramal e seguir a pé até o flagrante.

“Andamos por cerca de quarenta minutos em mata fechada. Encontramos vestígios de que o grupo estava no local praticando o crime ambiental. Nós íamos ouvindo o barulho da motosserra. No ramal, foi apreendido um caminhão com blocos de madeira”, diz o sargento.

Operação Floresta Viva

A Operação Floresta Viva, iniciada pela Imac no último dia 6, tenta coibir tanto os focos de calor quanto o desmate, segundo Pedro Longo, diretor-presidente do órgão. Ele explicou que o trabalho, intensificado durante o período de estiagem na região acreana, tem a meta de alcançar uma diminuição de 80% na taxa de desmatamento até o ano de 2020.

AC tem maior taxa de desmate da Amazônia Legal em 2 anos

Dados divulgados ao G1, no dia 17 de julho, pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) mostraram que, entre os anos 2013 e 2014, o Acre foi o estado com a maior taxa de desmatamento da Amazônia Legal. Os números são baseados no monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Segundo o estudo, somente o estado acreano e Roraima apresentaram variação positiva na taxa. O Acre passou de 221 km² de área desmatada em 2013 para 312 km² em 2014 – um aumento de 43%. Já Roraima teve um crescimento de 37%

Por: Iryá Rodrigues
Fonte: G1

Deixe um comentário