Colômbia e Peru aumentam cooperação para proteger a Amazônia

Os presidentes de Colômbia, Juan Manuel Santos, e Peru, Ollanta Humala, anunciaram nesta sexta-feira no Segundo Encontro Binacional a criação de um programa regional junto ao Brasil para proteger a Amazônia, com um fundo de US$ 600 milhões (R$ 2,314 bilhões).

Ao término do encontro, realizado em Medellín, Santos se mostrou muito “satisfeito” com os avanços e com a assinatura de seis acordos de cooperação em educação, esportes, saúde, integração de fronteira, gestão pública e planejamento nacional.

O governante colombiano enfatizou o trabalho que será feito na região de fronteira para “traduzir os acordos em avanços reais”, em temas como a gestão integrada de recursos hídricos, o combate ao tráfico ilegal de vida silvestre e a preservação de áreas protegidas.

Santos antecipou que um dos pontos da declaração contempla a criação de um programa com transcendência internacional e “sem precedentes”.

“Boa parte de nossa fronteira se encontra em nossa Amazônia e nos comprometemos a protegê-la” com este programa, que estará respaldado por um “fundo de aproximadamente US$ 600 milhões, dos quais US$ 113 milhões provêm do Fundo para o Meio Ambiente Mundial”, revelou o líder.

Além disso, Santos indicou que este acordo busca proteger a biodiversidade da Amazônia e diminuir os efeitos da mudança climática.

Humala se pronunciou sobre o acordo em educação ao assinalar que jovens que habitam na fronteira de 1.626 quilômetros serão “beneficiados” com bolsas de estudos e garantiu que se comprometeu com Santos a chegar com “educação, saúde, comunicação e programas sociais” a esta região.

Os líderes reafirmaram a importância que tem a criação de um fundo binacional de integração fronteiriça para “melhorar a qualidade de vida dos habitantes desta região”, que está em sua totalidade na região amazônica.

Nesse ponto, Humala complementou que esse fundo mostra que este encontro binacional “permite criar coisas concretas e há uma dose real de praticismo”, ao investir no “desenvolvimento” dos povos fronteiriços e empreender uma “luta” contra a pobreza e a desigualdade.

No encerramento do encontro, o líder peruano exaltou o “compromisso” da Colômbia com a paz e o comparou com os processos que seu país atravessou no passado.

“A Colômbia está indo pelo caminho correto e nesse sentido tem toda a nossa cooperação, solidariedade e carinho para que isto seja alcançado pelo bem-estar de todos os colombianos”, disse.

Os dois países assinaram acordos para a alocação e uso de frequências para a operação de rádio e televisão na região de fronteira e em esportes para o aproveitamento do tempo livre.

Além disso, foi assinado um convênio de colaboração em educação entre o Ministério da Educação do Peru e o Instituto Colombiano de Estudos Técnicos no Exterior e um memorando de entendimento dos ministérios de Saúde sobre cooperação para o fortalecimento das capacidades técnicas e científicas em remédios.

Fonte: Terra

Deixe um comentário

Um comentário em “Colômbia e Peru aumentam cooperação para proteger a Amazônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*