Seis capitais da Amazônia recebem festival Música na Estrada em 2015

Música na Estrada conecta a Amazônia pelas artes. Foto: Reprodução/Música na Estrada
Música na Estrada conecta a Amazônia pelas artes. Foto: Reprodução/Música na Estrada

MÚSICA NA ESTRADA
MANAUS – A tão sonhada integração regional no Norte do país se torna realidade com o festival’Música na Estrada’. A quinta edição do festival acontece de 6 de outubro a 22 de novembro. A música vai botar o pé na estrada e levar de carona a dança e o teatro para seis capitais daAmazônia. Artistas de Manaus, Belém, Porto Velho, Boa Vista, Macapá e Rio Branco se apresentam em suas cidades e nas outras localidades, ao lado de convidados de outras regiões do país.

O ‘Música na Estrada’ é consagrado como um dos maiores projetos culturais da Região Norte. Em sua quinta edição, o festival pretende conectar a Amazônia por meio das artes e tem público estimado em 12 mil pessoas.
Depois de quatro edições dedicadas à música de concerto e oficinas instrumentais nas principais capitais do Norte, o evento amplia sua proposta artística e abre espaço para a música instrumental, dança e teatro. Em paralelo às atividades artísticas, o projeto realizará ainda palestras sobre gestão cultural e as já tradicionais oficinas de aprimoramento.
O evento, inteiramente gratuito, será realizado entre outubro e novembro de 2015 em Manaus, Rio Branco, Porto Velho, Boa Vista e, pela primeira vez, nas cidades de Belém e Macapá. O projeto contará com apresentações de nomes consagrados como Amazonas Filarmônica, Cia Focus de Dança e o gaitista norte-americano Robert Bonfiglio, além de Roberto Menescal e Leila Pinheiro.
Para mais informações, acesse o site do Música na Estrada e a página oficial do evento no Facebook.

Programação artística do Música na Estrada:

6 a 11 de outubro – Rio Branco

Locais: Teatro Plácido de Castro; Usina de Artes; Escola de Música do Acre
• Oficinas instrumentais (Belém);
• Camerata Sinfônica do Pará (Belém);
• Corpo de Dança do Amazonas (Manaus);
• André Dantas Trio (Rio Branco);
• MAPO Big Band (Porto Velho)

16 a 19 de outubro – Manaus

Locais: Teatro Amazonas; Teatro da Instalação; Faculdade Estácio do Amazonas/Campus Djalma Batista
• Roberto Menescal & Cris Delanno (Rio de Janeiro);
• Leila Pinheiro e Amazonas Jazz Band (Manaus e Rio de Janeiro);
• Teatro Infantil (Manaus);
• André Dantas Trio (Rio Branco);

20 a 25 de outubro – Boa Vista

Locais: Centro Amazônico de Fronteiras; Centro Universitário Estácio Atual
• Oficinas instrumentais (Manaus);
• Leila Pinheiro e Amazonas Jazz Band (Rio de Janeiro e Manaus);
• Amazonas Filarmônica (Manaus);
• Orquestra de Câmara do Amazonas (Manaus);
• Corpo de Dança do Amazonas (Manaus)

3 a 8 de novembro – Macapá

Locais: Teatro das Bacabeiras; Faculdade Estácio do Amapá
• Oficinas Instrumentais (Belém);
• Cia. Moderno de Dança (Belém);
• Orquestra Sinfônica da UFPA com o gaitista Robert Bonfiglio (Belém e Nova Iorque)

10 a 15 de novembro – Belém

Locais: Teatro das Docas; Teatro Schiwazzappa; Theatro da Paz; Faculdade Estácio do Pará; Faculdade Estácio de Belém; Igreja Santo Alexandre
• Oficinas Instrumentais (Rio de Janeiro);
• Orquestra Sinfônica da UFPA com o gaitista Robert Bonfiglio (Belém e Nova Iorque);
• Cia. Focus de Dança (Rio de Janeiro);
• Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (Belém);
• Quarteto Radamés Gnatalli (Rio de Janeiro);
• Cia. Moderno de Dança (Belém).

16 a 22 de novembro – Porto Velho

Locais: Palácio das Artes de Rondônia; Universidade Federal de Rondônia; Escola de Música Sol Maior; Escola de Música Villa Lobos
• Oficinas instrumentais (Manaus);
• Amazonas Filarmônica (Manaus);
• Companhia de Dança do Amazonas (Manaus);
• Orquestra de Câmara do Amazonas (Manaus);

 

Fonte: Portal Amazônia

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*