Funai aprova enchimento do reservatório de Belo Monte

Documento encaminhado ao Ibama lista as últimas exigências que devem ser tomadas

Obras do chamado Sítio Pimental, casa de força complementar de Belo Monte.  (Foto: Divulgação/Norte Energia)
Obras do chamado Sítio Pimental, casa de força complementar de Belo Monte. (Foto: Divulgação/Norte Energia)

A Fundação Nacional do Índio (Funai) enviou na quinta-feira ao Ibama um ofício com as últimas exigências para que o órgão ambiental possa emitir a licença de operação da usina hidrelétrica de Belo Monte, que implica o enchimento do reservatório. A entidade apontou inconformidades nas ações a serem adotadas pela Norte Energia, empresa responsável pelo empreendimento, e indicou medidas necessárias para o atendimento das condicionantes indígenas. Mas, na prática, a Funai dá um sinal verde para o enchimento do reservatório.

Em ofício da última quinta-feira enviado pelo presidente da Funai, João Pedro Gonçalves da Costa, para Marilene dos Santos, presidente do Ibama, ele solicita que, se o Ibama emitir a licença de operação, que estabeleça como condicionantes à Norte Energia “zelar pela qualidade e completude das informações comprobatórias da execução, não promover qualquer modificação unilateral dos planos, programas e projetos previstos, observar as análises realizadas pela funai, responder de forma fundamentada a todos os ofícios da funai e não preterir ou excluir a execução de ações”.

A Funai solicita ao Ibama também que o setor estatal avance em regularizações fundiárias, desocupação de áreas indígenas, e garantia de acesso de comunidades Paquiçamba ao trecho do rio Xingu à montante da barragem. A fundação do índio apontou, por exemplo, que a Norte Energia não elaborou, conforme previsto, um programa de documentação e registro de todo o processo de implantação dos programas indígenas.

Fonte: O Globo

Deixe um comentário

2 comentários em “Funai aprova enchimento do reservatório de Belo Monte

  • 20 de novembro de 2015 em 11:56
    Permalink

    O que de tudo me impressiona é o silencio quase que absoluto sobre o assunto. Saiu uma nota no G1, nada foi registrado no Combate ao Racismo Ambiental . E assim vamos caminhando. Daqui a pouco, na calada da noite se aprova as UHE`s no Tapajós a Portaria 303 da AGU sobre regularização de Terras Indígenas. Dá um desanimo !!!

  • 20 de novembro de 2015 em 8:37
    Permalink

    A Funai aprova os indios não. Interessante ver que a institucionalização do pt no poder é tão grande que até orgãos que não lhe dizem respeito fazem parte de sua cupula. Qual a necessidade de Belo Monte? Mais energia já temos tanta. pra que? pras multinacionais ficarem ganhando as nossas custas.

Os comentários estão desativados.