Acre inicia elaboração de Plano Estadual do ABC

Este ano, São Paulo, Paraíba e Alagoas também iniciaram a articulação de seus planos estaduais

A partir desta quarta-feira, 4, o Estado do Acre inicia a construção do seu Plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC). Durante três dias, representantes do governo federal e de 24 instituições do governo do estado, além de institutos de pesquisa e de produtores rurais, discutirão as iniciativas que podem ser adotadas no Acre para diminuir o desmatamento e a emissão de carbono na atividade agropecuária.

Durante o encontro, será discutida a aplicação das estratégias do programa no Acre e como serão implantadas a ações já praticadas no estado. Segundo Éllen Abud, coordenadora do plano na Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), já existem algumas linhas de atuação definidas, como a recuperação de áreas degradadas, oferta de crédito, investimentos em integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF), sistemas agroflorestais, plantio direto e florestas plantadas. A coordenadora afirmou que o Plano ABC Estadual será uma ferramenta construída a partir das peculiaridades de cada lugar.

Em junho deste ano, o Acre iniciou o processo de preparação do Plano ABC, quando foi realizada uma oficina de sensibilização sobre a importância do tema. Este ano, São Paulo, Paraíba e Alagoas também iniciaram a articulação de seus planos estaduais.

Até agora, 10 unidades de federação – Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Bahia, Maranhão e Amazonas – estão com seus planos colocados em prática. Já os estados do Pará, Rondônia, Ceará, Piauí, Sergipe e Paraná aguardam a publicação oficial dos planos para que sejam implementados.

Fonte: Observatório ABC

Deixe um comentário