Após decreto, governadora anuncia regularização de terras para 2016

Suely Campos convocou entrevista coletiva para comentar a respeito dos anúncios feitos pela presidente Dilma

Era a última condicionante que faltava. Agora não falta mais nada, cumprimos 100% do decreto que transferia as terras da União para Roraima. A partir do ano que vem, vamos fazer a maior regularização de terras que já se viu”, comemorou a governadora Suely Campos (PP), após o anúncio da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), que retirou do Decreto nº 6.754/2009 a exigência da criação da Unidade de Conservação Lavrados.

Ao lado do consultor especial da governadoria, Neudo Campos, dos deputados estaduais Brito Bezerra (PP), Evangelista Siqueira (PT), Oleno Matos (PDT), Gabriel Picanço (PRB) e Soldado Sampaio (PCdoB), do vereador de Boa Vista Gabriel Mota (PP), do diretor-presidente do Instituto de Terras e Colonização de Roraima (Iteraima), Alysson Macedo, e do secretário adjunto de Planejamento, Wesley Gonçalves, a governadora comentou os demais avanços anunciados pela presidente. “Na reunião que tive com a presidente Dilma na terça-feira, em Brasília, ela já tinha me adiantado que anunciaria novidades em sua passagem. Eu fiquei na expectativa”. Disse.

Além da alteração no decreto da transferência de terras, a assinatura do licenciamento prévio para a construção do Linhão de Tucuruí e do asfaltamento e restauração de três rodovias federais no Estado também foram comemoradas. “Estamos vivendo um momento de vitórias, porque entregamos quase três mil apartamentos e tivemos excelentes notícias que desenvolverão o Estado”, afirmou. (V.V)

Desenvolvimento de Roraima depende de nós mesmos, afirma Ângela Portela

“Com a regularização das terras e a chegada de energia segura e confiável a Roraima, o desenvolvimento do Estado dependerá de nós mesmos”, afirmou a senadora Ângela Portela (PT), após o anúncio da presidente Dilma Rousseff (PT), de retirar a exigência da criação da Unidade de Conservação Lavrados e de liberar o licenciamento ambiental para a construção do Linhão de Tucuruí.

Para ela, só de a presidente escolher Boa Vista para entregar os apartamentos do Minha Casa, Minha Vida já mostra uma deferência e um carinho dela com o Estado. “Tudo o que aconteceu é fruto de um trabalho intenso que fizemos, de uma articulação muito forte minha, da governadora Suely Campos e do senador Telmário Mota”, disse.

Tanto o Linhão de Tucuruí quanto a regularização das terras, segundo Ângela, fazem parte de projetos estruturantes que trarão desenvolvimento para Roraima.

“Sem dúvida nenhuma, vai ser muito bom para o nosso crescimento, para o nosso desenvolvimento. Agora que teremos energia confiável e segurança jurídica para nossas terras, poderemos desenvolver o setor agropecuário. Tudo isso será possível graças à presidente Dilma”, comentou.

A senadora disse ter conhecimento de vários projetos do Governo do Estado que poderão ser desenvolvidos a partir de agora. “São projetos que estimulam a agricultura familiar e empresarial. Estou muito feliz. Sinto que meu dever foi cumprido. Se meu mandato acabasse hoje, eu estou certa de que cumpri meu papel”, garantiu.

Procurado pela Folha, o senador Telmário Mota (PDT), que participou da solenidade de entrega dos 2.992 apartamentos do Vila Jardim, preferiu não se manifestar.

Por: Vanessa Vieira
Fonte: Folha de Boa Vista

Deixe um comentário